terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Alguém se identifica??

Chata eu??? Imagina,  Só um pouco digamos:
Implicante, rabugenta, resmungona as vezes além  da conta, mas que fique bem claro, depende muito da situação e depois ninguém é perfeito, não é mesmo ,Ah! ia me esquecendo deve ser por causa da TPM, 24 por dia, será? 
Mas tirando essas coisinhas bobas,no fundo é uma boa pessoa ,  verdadeira, amiga, um coração enorme, humana, simples, inteligente, dedicada, determinada, simpática, muito fofa, etc....etc...etc... Melhor nem ficar falando muito das qualidades não ficaria bem, rsrsrsrsr.
Adora ler, fazer amizades, estudar, escrever e falar. Ah! Como fala, as vezes mais que a boca como dizem alguns amigos, chegou a gralha, rsrsrsrs.
Não pode ver um  bom prato de massa, de preferência com molho branco. Grãos, saladas e queijos  de todos os tipos. Pão, hum.... esse sim de todos os sabores  e recheios, han...han...han...
 E o mais importante, se aceita como é nos seus 50 e lá vai pedrada, com corpinho de ....48, rsrsrsrsr .

Muito prazer ,essa sou eu!


Maricota Blogueira


Alguém se identifica também ;)
Até mais meninas
Bjs

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Crise Masculina

Adorei esse texto, que estava postado no facebook do nosso amigo Renato Senis Cardoso, aliás meu xará.
Quando eu completei 25 anos de casado, introspectivo, olhei para minha esposa e disse:
— Querida, 25 anos atrás nós tínhamos um fusquinha, um apartamento caindo aos pedaços, dormíamos em um sofá-cama e víamos televisão em uma TV preto e branco de 14 polegadas. Mas, todas as noites, eu dormia com uma loira gostosa, de 25 anos.
E continuei:
— Agora nós temos uma mansão, duas Mercedes, uma cama super-King-size e uma TV de plasma de 50 polegadas, mas eu estou dormindo com uma senhora de 50 anos. Parece-me que você é a única que não está evoluindo.
Minha esposa, que é uma mulher muito sensata, disse-me então, sem sequer levantar os olhos do que estava fazendo:
— Sem problemas. Saia de casa e ache uma loira de 25 anos de idade que queira ficar com você. Se isso acontecer, com o maior prazer eu farei com que você, novamente, consiga viver em um apartamento caindo aos pedaços, durma em um sofá-cama e não dirija nada mais do que um fusquinha.
Sabe que fiquei curado da minha crise de meia-idade? Essas mulheres mais maduras são realmente demais!
Somos demais mesmo Renato, rsrsrsrsrs, Abraços
Até mais meninas
Bjs

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Não existe idade para um grande amor


Acontece quando menos se espera, com, 15,20,30,40,50,60...e por ai vai.Por vezes aparece quando menos o desejamos, quando achamos que o momento já ultrapassou a barreiras dos 60,70 anos, que estamos fora da idade, de receber ou sentir um grande amor.Muitos se sentem envergonhados com tal situação, como se pudessem controlar esse impulso.É uma quase sensação adolescente, que beira talvez  o ridículo,o sem noção será! Mas e daí, quem manda nas coisas do coração?
O importante  mesmo é amar, sempre, em qualquer idade, porque só isso é viver. E viver com respeito, muito diálogo, cumplicidade, companheirismo e curtir a vida, minuto a minuto, pois nessa fase, não saberemos se teremos outra oportunidade para o AMOR.
Pois, quando nosso coração escolhe alguém pra amar...ele não pede permissão, ele não liga para idade, coração se apaixona por outro coração,independente de qualquer outra coisa

Que não seja importante, ás idades, a elasticidade de um rosto, o corpo curvilíneo, a pele de pêssego, que seja mais muito que isso.
Que sejam amores imperfeitos e inimagináveis,mas AMORES.



Até mais meninas...


Beijinhos.

O humor da Alma.

Querendo ou não, iremos todos envelhecer. 
As pernas irão pesar, a coluna doer, o colesterol aumentar. A imagem no espelho irá se alterar gradativamente e perderemos estatura, lábios e cabelos. A boa notícia é que a alma pode permanecer com o humor dos dez, o viço dos vinte e o erotismo dos trinta anos.
O segredo não é reformar por fora. É, acima de tudo, renovar a mobília interior: tirar o pó, dar brilho, trocar o estofado, abrir as janelas, arejar o ambiente. Porque o tempo, invariavelmente, irá corroer o exterior. E, quando ocorrer, o alicerce precisa estar forte para suportar. 
Feliz é a alma que se diverte, que se perdoa, que ri de si mesma e faz as pazes com sua história. Que usa a espontaneidade pra ser sensual, que se despe de preconceitos, intolerâncias, desafetos. 
Feliz é a alma que aceita a passagem do tempo com leveza e conserva o bom humor apesar dos vincos em torno dos olhos e o código de barras acima dos lábios.
Feliz é a alma que não esconde seus defeitos, que não se culpa pela passagem do tempo. 
Feliz é a alma que aceita suas dores, atravessa seu deserto e ama sem pudores. 
Aprenda: bisturi algum vai dar conta do buraco de uma alma negligenciada anos a fio.




Até mais meninas

Bjs

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

"A gente melhora com o tempo"


Adorei a definição de anos vividos da minha querida Simone Giampa, que diz o seguinte:

Uma das grandes bênçãos da vida 
é a experiência que os anos vividos nos concedem. 
Aniversariar é uma amostra das oportunidades. 
Que temos de aprender a contar nossos dias.
Hoje, mais uma janela se abre diante de meus olhos 
Mais um espinho foi retirado da flor, 
Restando somente a beleza da tão bela data. 
Os sintomas da felicidade se traduzem do otimismo Na fé, na esperança e no empenho por se ser melhor a cada dia.
Continuarei trilhando pelo vales da vida, 
pois um dia vou encontrar o mais belo jardim, 
o jardim que representará a realização dos meus maiores sonhos!!!!
“ESTOU GOSTANDO DESTA COISA DE ENVELHECER.
 A GENTE MELHORA COM O TEMPO!!”

Simone Giampa

Lindo mesmo Simone, bjs querida.

Até mais meninas
Bjs


quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Minha filha, eu não tô acreditando!!!!


 De novo não,vamos lá levanta essa bunda da cadeira e vamos agilizar, movimentar esse corpo.Foi isso mesmo que eu ouvi há aproximadamente 3 anos atrás da  minha mãe com 70 aninhos, pode,?
Não pode, pode sim!!!!!!!!!!!!!
Levei maior esculacho,minha filha eu não tô acreditando, é sempre assim quando chego aqui,quer saber agora você vai me ouvir como pode você com APENAS 50 anos, sentada feito uma estátua ( e nos meus  com 50 tive que ouvir e me calar) de novo vendo esses filmes menina  e sem fazer mais nada ( vamos combinar sem fazer mais nada, não! Cuido da casa, filhos, estudo e ainda dou as minhas aulas, mas....), Vamos lá minha filha reage, como pode ma mulher linda como você fica perdendo seu tempo nas horas em que pode ficar se cuidando, eu na sua idade estava pegando fogo! (pegando fogo, rsrsrsr essa minha mãe...), não que eu não esteja, mas acho que ela pegava muito mais, rsrsrsrs   e ainda continuou....imagina nem eu que tenho 70 anos fico assim parada como você, saio com seu pai, vou a bailes, ai me da uma gastura de te ver assim minha filha, levanta já daí vamos curtir a vida, aproveitar as pessoas que amamos.
E outra coisa menina fica esperta, abra bem seus olhos, que se você continuar assim, seu marido logo, logo vai arrumar outra. Quando ouvi isso dei um salto e pensei, será!Não ...não...não ... ele não teria coragem pensei, ou teria????
Bom, na dúvida resolvi me movimentar e desde então não parei, caminho todos os dias na praia,  procuro ter dentro do possível uma alimentação balanceada(as vezes dou minhas falhadas, pois ninguém é de ferro, rsrsr), comecei a realmente me cuidar um pouco mais, vai que o que minha mãe disse acontecesse, na dúvida, não arrisquei, mesmo por que boca de mãe não é santa, é praga!
Mas, enfim... hoje tenho mais tempo para mim, o meu momento, o meu espaço, me curto de monte.Quanto aos afazeres domésticos. Ah!esses deixei rolar mais light, agora os afazeres de mãe e esposa esses sim, estão como diz minha mãe, tinindo!
Precisou a água bater na bunda para eu poder acordar e perceber algumas coisinhas, ou melhor levar um tapão na bunda da mama, e ela nos seus 70 anos, pode como sempre me mostrar que o momento é de reparar em quem está a nossa volta, a começar por nós mesmo.
Essa minha mãe,viu!!!!


Até breve meninas

Bjs

Ai...ai...ai...Vamos cuidar meninas!


Com o envelhecimento, os processos naturais da pele desaceleram. Ocorre a perda de volume, a produção de colágeno e elastina cai abruptamente, a ação da gravidade começa a aparecer. Resultado: sintomas como flacidez, ressecamento severo, rugas (suaves  e profundas), perda da elasticidade e da definição do contorno do rosto são comuns e não poupam ninguém. De acordo com especialistas, esse processo é natural, proveniente de alterações hormonais, herança genética, estilo de vida e fatores externos (cigarro, sol, pouca ingestão de água, falta de hidratação etc).
Segundo  especialistas, o envelhecimento cutâneo se caracteriza por alterações nas fibras de colágeno e fibras elásticas e na matriz dérmica. Essas fibras se tornam tortuosas, fragmentadas e ocorrem perdas de elementos fundamentais para o vigor da pele – tudo isso junto acarreta o afinamento da cútis, formação de rugas e perda do tônus e da elasticidade. E alguns fatores externos como exposição ao sol, tabagismo, poluição e estresse tendem a piorar essas alterações". E as mulheres têm um fator agravante a mais: a menopausa. "Após esse período, quando ocorre uma brusca mudança hormonal, a pele tende a ficar ainda mais seca, fina e sem vida, e necessita de hidratação redobrada. A perda de volume nas bochechas, pela reabsorção de gordura, é muito frequente. Os sulcos ficam profundos e perde-se a definição do contorno facial. A situação é ainda pior para pacientes fumantes e que se expuseram ao sol sem proteção. Os sintomas do envelhecimentos são precoces e mais intensos.
Por isso meninas vamos prestar mais  atenção na nossa alimentação,tomar cuidado com o sol. Bons costumes alimentares, um bom protetor solar,uma higienização antes de dormir e muita água, pelo menos 2 litros ao dia tudo isso pode fazer a diferença, pense nisso.

Beijinhos.
Até mais